Transações por aplicativos representam 27% das compras online no 2º trimestre do ano - Diggital
547
post-template-default,single,single-post,postid-547,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode_popup_menu_push_text_top,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.0.1,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Transações por aplicativos representam 27% das compras online no 2º trimestre do ano

Transações por aplicativos representam 27% das compras online no 2º trimestre do ano

No segundo trimestre do ano, 27% das vendas online registradas no Brasil foram viabilizadas por aplicativos. E as transações realizadas pela internet móvel, como um todo, já totalizam 63% das conversões obtidas pelo e-commerce nacional dentro do mesmo período.Os dados estão presentes no estudo Global Commerce Review (GCR) citado em matéria do e-commerce Brasil

Ainda de acordo com o estudo, a taxa de conversão registrada nos aplicativos de compras em comparação com a web convencional entre os dispositivos móveis em todo o mundo é 5 vezes maior. E, entre os varejistas que promovem, ativamente a compra via aplicativo, 72% das operações online são concretizadas por meio desta ferramenta. 

O Brasil segue evoluindo no quesito mobile, segundo pesquisa TIC Domicílios, os brasileiros continuam usando o celular como principal meio de conexão com a internet. Parte deste fenômeno pode ser atribuído à democratização do 3G e 4G no Brasil, que fazem com que os smartphones e tablets desempenhem um papel fundamental como principal ferramenta de acesso à rede. 

O crescimento do mobile pelo mundo

De acordo com o GCR, houve um aumento para os varejistas que promovem ativamente seus aplicativos de compras, a região do Oriente Médio e África representa especificamente um mercado de alto potencial. Dado que muitos países da região começaram sua jornada com a Internet em dispositivos móveis, e não em computadores, os aplicativos desempenharam um papel fenomenal na vida cotidiana dos consumidores.

Entre os líderes mundiais de transações feitas por aplicativos estão: Sudeste Asiático, Índia, Sul europeu, Austrália e Nova Zelândia.

 

Aplicativos de viagem

O Brasil já ocupa a 18ª posição entre os países com maior vendas pela internet móvel no mundo. Além disso, os aplicativos de viagem representam 37% de todas as reservas em todo o mundo, ante 31% no quarto trimestre de 2018. Como os aplicativos facilitam infinitamente as reservas, simplificam as transações e podem ser acessados ​​a qualquer momento, não é surpresa que esse segmento permaneça popular entre os usuários. 

Metodologia 

O relatório analisou dados de navegação e compra de mais de 6.500 varejistas em mais de 80 países e constatou que os compradores continuam adotando a tecnologia de aplicativos da Web e de smartphones para compras. Mas os aplicativos de compras continuam encontrando mais interesse entre os compradores, pois o segmento registra uma taxa de conversão cinco vezes maior do que na Web para dispositivos móveis.



%d blogueiros gostam disto: