Vendas online faturam R$1,15 bi pós Black Friday, diz Ebit-Nielsen - Diggital
544
post-template-default,single,single-post,postid-544,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode_popup_menu_push_text_top,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.0.1,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Vendas online faturam R$1,15 bi pós Black Friday, diz Ebit-Nielsen

Vendas online faturam R$1,15 bi pós Black Friday, diz Ebit-Nielsen

O varejo brasileiro online faturou R$ 1,15 bilhões nos dois dias após a Black Friday de 2019, segundo levantamento da Ebit|Nielsen. O dado é referente à receita registrada nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro. O montante representa alta de 21% em relação à edição de 2018, quando as vendas somaram R$ 949 milhões.

No período as compras realizadas por mobile cresceram 81% a mais comparadas ao ano de 2018. Os pedidos feitos por celulares chegaram a 1,5 milhão, representando 62% das vendas total. 

Nos recortes regionais, a Ebit-Nielsen confirmou a região Sudeste como grande líder de vendas, com rendimento de R$ 738 milhões, em segundo lugar veio a região Sul com R$ 164 milhões e em terceiro a região Nordeste, com faturamento de R$ 134 milhões. A região Centro-Oeste teve um faturamento de R$ 80 milhões, enquanto a região Norte ficou em último lugar, com faturamento de R$ 34 milhões. 

Uma tendência recorrente nos últimos anos é a extensão das vendas da Black Friday para além da meia-noite de sexta feira, quando os varejistas permaneceram  com as promoções pelo final de semana. O ticket médio caiu durante estes dois dias, no sábado (30), resultando uma média de gastos de R$ 498 reais, enquanto no domingo (1), houve uma média de gastos de R$ 435 reais.  Houve um declínio de 4% comparado ao ano de 2018. 

 



%d blogueiros gostam disto: